17 de mai de 2008

[des]poesia

Se me disseram que escrevia bem quando fazia poesias Poesia não se faz Se sente
Queria ser artista Brincar com a epifania esquizofrenia
Numa gaveta guardava meu lado reacionário Na forma de um dicionário que me levava a fazer tudo como sempre fiz
Escritor de artistas Fazedor de poesias
Criava ídolos Revolucionários Loucos Drogados Bichas
Mamãe sempre dizia A vida não é pra ser tão intensa Como fazem os loucos que eram os artistas
Poetas Não escreviam poesia no primário como eu Reacionário Com um dicionário engavetado No âmago de ser artista imaginário

Um comentário:

Livia disse...

Acho que tu sentiu a poesia
muito bom!