18 de abr de 2010

afundando nessa rotina do caralho (desculpa a ausência baby, mas eu ainda caminho por ai)

tô há dias pra arrumar um vazamento na privada que inunda todo meu banheiro pelas manhãs.E ai tenho que me molhar todo na hora de vomitar o porre que faz com que eu queira estourar meus miolos ou afunda-los na privada pra ver se melhora um pouco. Tô a algumas semanas pra largar o trampo que me enfiei faz uns dois meses, mas agora não é a hora. Tenho algumas dívidas no bar, outras contas pra pagar e uma viagem pra fazer no final do ano. Fora que se não conseguir arrumar o vaso sanitário vou ter que bancar um encanador. Mas hoje foi domingo e passei o dia atirado na sala comendo miojo com salsicha, escrevendo umas paradas, escutando um blues e procurando uma saida, que ainda não encontrei. E amanhã já é outro dia e eu não tô nem um pouco afim de virar a página. Mas calma ai! Não é só porque ando sumido e economizando dinheiro e palavras, que te esqueci. Não, tudo é uma questão de tempo até eu voltar prai e pro nossos porres e papos de merda envoltos na luz do poste que entra na janela da nossa sala, iluminando a nossa triste cara.

3 comentários:

b.m disse...

sempre usando as melhores palavras.

bruno disse...

sempre usando os piores métodos.

(isso não é uma ofensa. é só rir de nós mesmos)

sensível olhar disse...

Eu ouço sua voz quando vc escreve !