9 de jun de 2008

ano 2008

Devido as fortes chuvas do final de semana e a temperatura média abaixo dos 15º, nenhuma manifestação ocorreu nos últimos dois dias.
Mesmo com as fortes revelação de roubalheira e a falta de ética da política gaúcha, não foram vistas pessoas que protestassem contra o saqueamento do dinheiro que pagam em forma de impostos e afins.

A movimentação na praça da Matriz ficou a cargo dos políticos envolvidos nos escândalos, que realizam reuniões para melhorarem a imagem do partido frente as denúncias.
Por outro lado, no dia de hoje, quando César Busatto depõem na CPI para contradizer as falas que o mesmo confirmou no dia 26 de maio, assessores e amigos aplaudem a cada frase dita pelo ex-chefe da Casa Civil.

Em relação ao responsável pelas gravações escondidas, Paulo Afonso Feijó, um futuro candidato a prefeitura de Porto Alegre defende a atitude sacana do vice-governador do estado. Onyx Lorenzoni acredita que a falta de ética é justificada pelo fato de Feijó ter revelado o que todos sabiam: a política está uma merda em todo país!

Por fim, a CPI apurará os casos, ninguém será julgado, a sacanagem continuará e a população permanecerá em suas casas reclamando em frente ao jornal das 8 horas. Tudo isso devido a forte frente fria que atinge o estado no início do inverno.

5 comentários:

Livia disse...

Cruel verdade

bruno disse...

válida e bem vinda tua irônia!
mas podemos complementar com a seguinte questão:

se fosse no rio, ou no nordeste, que é calor (pracaralho) haveria manifestção popular?


triste verdade.

Eliane! disse...

Segunda, menos de 50 pessoas participaram de um protesto que teve na frente da Assembléia. Hoje, amanhã e sexta vai ter mais. O problema é que quem participa defende ideologias de partido. Sempre tem alguém com bandeiras do PSTU e tentando fazer politicagem em meio ao movimento estudantil/social. Bora sexta-feira pra lá que tem umas pessoas da UFRGS organizando. Eu estarei lá, fotografando.


http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u411210.shtml

Eliane! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eliane! disse...

Excluí o comentário anterior.

No mensalão, algum dos acusados foi condenado? Não. Só quem abre a boca se dá mal. Então, próximos capítulos: Feijó fora do DEMo e vai saber o que mais. A Yeda continua bem 'tranqüila' em entrevistas e coletivas, afinal, tudo faz parte do novo jeito de governar e do Pacto pelo Rio Grande.